Notícias | Steam ganha novo recurso para compartilhar contas em família

Na segunda-feira, dia 18, a Steam lançou um novo sistema para compartilhamento de contas entre membros da família. Este recurso, chamado Família Steam, permite que até seis pessoas desfrutem dos jogos presentes nas contas umas das outras, substituindo e simplificando funcionalidades anteriores como o Family Share e o Family View.

Ao acessar o menu tradicional da Steam, agora os usuários encontrarão uma nova opção que dá acesso à biblioteca compartilhada entre os membros da família. Cada título será tratado como uma licença individual, o que significa que várias pessoas podem acessar a lista de jogos simultaneamente, porém não será possível rodar o mesmo jogo em dois computadores diferentes usando a mesma conta ao mesmo tempo.

Podemos ilustrar isso com o exemplo do jogo multiplayer Helldivers 2: se um membro da família comprou o jogo, todos os outros terão acesso a ele, um usuário por vez. Para permitir que dois membros joguem juntos, será necessário que outro membro adquira uma cópia adicional. Isso garantirá que duas licenças do jogo estejam disponíveis para todos os membros, desde que não estejam sendo usadas.

Uma analogia útil é imaginar o sistema como uma estante de jogos em uma casa. Todos os residentes têm acesso aos jogos disponíveis, porém, se um deles estiver jogando um título específico, os outros não poderão acessá-lo. No entanto, isso muda se múltiplas cópias do jogo estiverem disponíveis, permitindo que mais de um membro experimente o mesmo jogo simultaneamente.

O objetivo da Valve, proprietária da loja online de jogos, é unificar o processo de compartilhamento e oferecer novas opções de controle de conteúdo para os pais. Ao adicionar um novo membro à família na Steam, é possível categorizá-lo como adulto ou criança, o que permite aplicar critérios de classificação indicativa para restringir o acesso a conteúdos inadequados.

Além disso, é possível escolher manualmente quais jogos serão compartilhados com a família e, especialmente para os membros mais jovens, limitar o tempo de acesso aos jogos ou à biblioteca completa. Os membros também podem sugerir jogos aos outros, que podem aprovar ou não a compra a partir de suas próprias contas, simplificando o processo de presentear com jogos.

A Valve destaca que o compartilhamento de contas também unifica banimentos e suspensões de perfis suspeitos ou que violem os termos de uso. Se um usuário for banido na plataforma, todos os outros membros do grupo perderão o acesso aos jogos compartilhados por ele, mas seus próprios perfis não serão afetados.

Para acessar o compartilhamento familiar da Steam, os usuários podem experimentar o novo recurso em fase de testes, disponível na versão Beta do cliente da Steam. Basta acessar as configurações do software e selecionar a opção dedicada no menu Interface. Após reiniciar o aplicativo, o compartilhamento de contas em família estará disponível novamente no menu de configurações, onde os usuários podem criar ou entrar em grupos já existentes.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.