Chegou à conclusão épica da 2º temporada da série Superman
& Lois. Querendo se isolar em um novo universo e não depender das decisões
duvidosas do Arrowverso que está com os dias contados, Superman & Lois tem
liberdade criativa para mostrar um Superman totalmente imponente.

O salvador do mundo fez um grande esforço para restaurar
suas habilidades no final desta 2º temporada, pois sem ele Ally Alston e
sua metade inferior provavelmente teriam concluído a fusão e destruído os dois
mundos como o conhecemos e todos fizeram o possível para salvar o planeta, mas
ninguém era tão poderoso ou habilidoso quanto o Superman.

A esperança é uma coisa poderosa quando você não tem mais
nada e embora fosse fácil para todos desistirem e aceitarem seu destino, esse
não é o tipo de abordagem que os heróis se submetem e ver a evolução de alguns
personagens no heroísmo foi bem emblemático para trazer a aura no qual
apreciamos no Superman, esperança em dias melhores.

Nat e John Henry estavam dispostos a sacrificar tudo pelo
bem maior, já que o primeiro seguiu seu pai no vazio para ajudar a parar Ally.
Desde que a mensagem de John Henry do vazio veio um pouco instável, Nat não
percebeu que seu pai queria que ela trouxesse ajuda para o casulo, então eles
improvisaram e esgotaram toda a energia de seus trajes para alimentar o casulo
e permitir que ele explodisse.

Felizmente, naquele exato momento, o Superman ganhou poder
total ao se jogar diretamente no sol para recarregar suas células. Pode ter
sido uma medida extrema, mas foi uma vez que efetivamente permitiu que ele
salvasse os dois mundos da loucura de Ally e até mesmo os devotos seguidores de
Ally ficaram gratos por isso.

Há algo tão cativante em histórias apocalípticas e Superman &
Lois abordaram isso com uma nova visão, pois vimos os mundos sangrando um no
outro. Lois foi tristemente puxada para o mundo Bizarro e nunca sumiu, o que
foi aterrorizante e solitário. Ela encontrou algumas pessoas ao longo do
caminho, incluindo seu pai e Kyle, que finalmente voltaram para seus mundos.
Kyle, em particular sentiu como se isso fosse carma por trair Lana e dividir a
família, o que foi de partir o coração. Sim, ele pode ter feito algumas
escolhas ruins, mas ninguém merece ficar sozinho e com medo.

A identidade do Superman ainda é o maior segredo do mundo,
mas o círculo de pessoas que a conhecem cresceu apenas um pouquinho. Claro,
Lana e Sarah estão cientes, mas Lois também confidenciou a Chrissy, que ficou
completamente chocada com a revelação. Como jornalista, você pensaria que ela
somaria dois mais dois ou veria a semelhança, mas ela tinha certeza de que Lois
estava brincando no começo.

A maneira como ela olhou para Clark Kent depois foi hilária.
Mas estou feliz por ela estar no círculo de confiança. Depois que Lois visitou
o mundo Bizarro, descobrimos que Chrissy é uma boa pessoa em todos os planetas.
Ela é alguém em quem você pode confiar o segredo do Superman e se ela, Clark e
Lois eles vão trabalhar juntos no jornal de Smallville, ela merece saber.

O mundo pode estar acabando, mas também deu a Sarah muito
tempo para processar. Quando ela finalmente teve um momento para conversar com
Jordan sobre isso, ambos reconheceram que não havia um problema que levou ao
fracasso de seu romance – estava em ambos. Sarah nunca pensou nos sentimentos
de Jordan, enquanto Jordan nunca compartilhou seus sentimentos com Sarah. 

Eles
ainda não estavam prontos para desistir de tudo, mas estavam prontos para
pressionar “reset” e começar de novo e abrir essa linha de comunicação fará
muita diferença para eles. Sarah não terá que duvidar se Jordan está dizendo a
verdade, e ele não terá mais que esconder quem ele é ou o que está fazendo.
Estou animado para o que o futuro deles reserva, com Sarah respeitando as
decisões de Jordan. Outra coisa legal foi ver a Nat referindo-se a Jon e Jordan
como seus “irmãos”, pois ela finalmente encontrou um lugar para si mesma aqui e
espero que a série aprimore esse relacionamento especial.

Pós-Armagedom, todos decidiram fazer uma pausa. A família
Lane consertou as coisas, o que foi incrível. Eles finalmente recuperaram sua Lucy
– sem uma lavagem cerebral de Ally. Estou surpreso que Lucy não queria ver Ally
uma última vez para repreendê-la, mas é o melhor. Lois fez a visita
simplesmente para entender se Ally conseguiu atingir seu objetivo de se sentir
completa. As duas Ally informaram a ela que não, mas vou ser honesto, havia
algo estranho em toda aquela interação. 

Parecia que Lois estava se sentindo
vazia e querendo respostas sobre como preencher o vazio e quando as duas Ally
deram as mãos, isso me fez pensar que havia outra parte do plano que elas ainda
não haviam tentado e talvez eu esteja sendo excessivamente cauteloso com toda a
situação porque John Diggle chegou para apresentar o novo mistério/vilão da
próxima temporada: Bruno Mannheim. Bruno é o chefe do crime da Intergangue e um
dos inimigos do Superman que se envolve em lavagem de dinheiro e tráfico de
seres humanos. Ele também é o homem que matou John Henry deste planeta e Diggle
quer saber por quê.

No geral, a 2º temporada de Superman & Lois foi boa,
mesmo com os vícios que a CW gosta de impor em suas produções que acabam
mostrando algumas inconsistências narrativas, entretanto mesmo com altos e baixos
tivemos um 2º ano que manteve uma qualidade de produção que já era elogiada e
mostrou um Superman emblemático.


Nota: 3,5/5



Trailer:

Continue ligado no Protocolo XP nas redes sociais, estamos no Facebook e Instagram.
Sem Avaliação

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.