As Tartarugas Ninjas estão de volta com Teenage Mutant
Ninja Turtles: Shredder’s Revenge, feito pela desenvolvedora da Tribute Games, que foi
responsável ​​por títulos semelhantes como Scott Pilgrim Vs The World, enquanto
a Dotemu, que distribui este jogo nos trouxe o excelente Streets of Rage 4. É
justo dizer que ambas sabem o básico para fazer um título de tributo em beat-em-up
agradável.

Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge é dividido
em 15 níveis de “história”, bem como uma variante no modo Arcade
opcional com créditos limitados para aquela sensação autêntica de “eu só
tenho tanto dinheiro sobrando”. Embora existam vários níveis que remetem
aos títulos clássicos de console, este ainda é apenas um título beat-em-up.
Como a maior parte do gênero, se o apelo de bater no focinho de um rinoceronte
mutante de proporções cômicas com um grande bastão o ilude, você não vai tirar
tanto proveito de Shredder’s Revenge.

Ainda assim, os níveis em Shredder’s Revenge não são complexos
e até nos modos regulares, você pode rasgar o jogo inteiro em menos de duas
horas. Ultimamente platinar um jogo que dura 30 horas ou mais em poucos dias
chega a ser um grande orgulho na comunidade gamer, mas ao jogar um beat-em-up
curto e levemente repetitivo, você percebe como este jogo é divertido, o que
torna um elemento crítico de aceitação para jogar Shredder’s Revenge.

Cada uma das Tartarugas e os combatentes opcionais April
O’Neil, Splinter e Casey Jones tem seus próprios estilos de ataque, velocidade
e combinações para aprender e aproveitar. Como exemplo, apenas Leonardo pode
fazer um salto duplo giratório, enquanto Raphael tem um dos movimentos mais
brutais já vistos fora de um jogo de luta.

A adição de super movimentos e esquivas de poder adicionam
profundidade sem sacrificar a facilidade de jogo que o torna altamente
acessível, o que é um ótimo design de jogo para o mercado de massa. Também é
divertido descobrir as piadas e retornos de chamada menores. No entanto, direi
que a mecânica de “provocação”, onde seu personagem brinca enquanto faz algo
apropriado ao personagem, irrita depois de um tempo. É a maneira mais fácil de
recarregar rapidamente seu medidor especial, então espere ouvir muito as mesmas
piadas.

Jogado sozinho, Shredder’s Revenge é bom, mas é quando você
pode reunir um grupo de amigos para jogar localmente que ele pega fogo. A
facilidade de jogo o torna um jogo social ideal e há muita diversão lutando
contra os inimigos, revivendo uns aos outros e claro amaldiçoando a pessoa que
rouba as preciosas pizzas que preservam a vida. O jogo tem suporte online, mas eu
particularmente não acho tão divertido jogar com combatentes online aleatórios,
o que faz com que assim como o jogo original das Tartarugas, Shredder’s Revenge
não seja tão profundo.

Outra coisa que eu não pude menosprezar é a comparação com
Streets of Rage 4, pois este outro título da Dotemu é um jogo com maior duração
e mais complexidade geral de combate e se você fosse jogar apenas um beat-em-up
recente, esse seria o que eu recomendaria aos puristas e isso não significa que
Shredder’s Revenge seja um jogo menor, pois e apenas uma expressão diferente de
diversão e mais adequada para um estilo de jogo mais irreverente e até mais
ideal para um jogo social.

No geral, se você já jogou algum beat-em-up e adora o gênero
de jogo, com toda certeza vai amar Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s
Revenge, especialmente com jogadores adicionais disponíveis para fazer aquele momento
social com parentes e amigos, o game é intuitivo também para quem nunca jogou
um beat-em-up, o que torna uma excelente oportunidade testar games deste gênero.


Nota: 4/5

Trailer:

Continue ligado no Protocolo XP nas redes sociais, estamos no Facebook e Instagram.
Sem Avaliação

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.