Seguindo o estilo dark e com uma
história interessante igual Limbo e INSIDE, Bramble: The Mountain King não tem
vergonha de se basear nesses populares jogos indies e faz bonito ao ser uma joia
escondida no meio de tantos lançamentos das grandes produtoras third-party.

Em Bramble: The Mountain King, acompanhamos
um menino chamado Olle, que está tentando encontrar sua amada irmã, Lillemor,
depois que ela perambula sozinha pela floresta uma noite. Você jogará como
Olle enquanto ele descobre os segredos de um rei nesta terra mágica em que se
encontra. Exalando uma atmosfera de conto de fadas com um nível impressionante
de coesão entre direção de arte, uma bela trilha sonora e um compromisso de ser
perturbador. Os desenvolvedores escolheram um belo estilo de mudança de
inclinação para apresentar ambientes realistas que fazem você questionar a
escala do que está vendo. 

Baseado no folclore nórdico, o
conto do rei da montanha não é o único que você encontrará. Fábulas em
miniatura e independentes manterão sua jornada sombria interessante, mesmo que
os personagens não falem, a história é narrada lindamente e reforça a atmosfera
de conto de fadas cativante que explora uma história sobre enfrentar o medo, a
morte e o valor da vida. Você encontrará gnomos, trolls, fadas e monstros
indescritíveis enquanto vagueia sob cogumelos gigantes com momentos sombrios e horríveis,
que geralmente são seguidos de beleza e serenidade com uma trilha sonora de
fundo dando vida a uma floresta mágica bem iluminada.

Embora existam alguns obstáculos
ou monstros que farão você estremecer ao conduzir o pobre Olle a uma morte
acidental e horrível, os pontos de verificação são muito generosos. A
mecânica de quebra-cabeça é bastante direta e não causa nenhum travamento ou
momentos de coçar a cabeça. Não há nenhum novo terreno sendo aberto, mas a
jogabilidade é divertida o suficiente para mantê-lo interessado neste jogo
curto.

No geral, Bramble: The Mountain
King tem uma experiência de jogo agradável e que perturba com uma atmosfera que
certamente deixará os jogadores entretidos com uma história que vale a pena
sobre como superar o medo e enfrentar a morte. Fora ainda que a bela narração,
o estilo de arte e a jogabilidade sutil proporcionam uma ótima experiência que
enfatiza a qualidade sobre a quantidade neste jogo relativamente curto.


Nota: 3,5/5

Trailer:


Continue ligado no Protocolo XP nas redes sociais, estamos no Facebook e Instagram.
Sem Avaliação

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.